quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Milagre



A abelha fazendo mel.
O pássaro fazendo ninho.
É a vida que se desdobra
em cada curva do caminho.

A flor que pereceu,
o rio que quase secou,
a árvore que foi cortada...
A vida segue ágil
jamais fica parada...

       Quando a plantação cresce     
o agricultor faz uma prece,
 agradecendo a natureza
 pela colaboração.

 Eu sei o trabalho foi dele,
 mas se ela não deixasse,
 ele não teria obtido
sucesso em sua missão.

3 comentários:

  1. Olá, Maria...
    acabei de receber o teu link, como estava ao pc, já estou em visita. E gostando muito da tua Poiesis. Desculpa não deixar comentts em todos ou vários, que o tempo não permite, mas saibas que li muitos...vários... E gostei do teu estilo/teu toquezinho pessoal, com olhar profundamente poético, em cada texto.Virei mais vezes. Será um prazer receber-te também.
    Beijo de Luz.

    ResponderExcluir
  2. COMO PARTICIPAR NAS EDIÇÕES DO EPISÓDIO CULTURAL?
    O Fanzine Episódio Cultural é uma publicação bimestral sem fins lucrativos, distribuído na região sul de Minas Gerais, São Paulo (capital), Belo Horizonte e Salvador-BA. Para participar basta mandar um artigo: poema, um conto que não ultrapasse 1 folha inteira no word (Times Roman 12). Pode mandar também artigos que abordem: cinema, teatro, esporte, moda, saúde, comportamento, curiosidades, folclore, turismo, biografias, sinopses de livros, dicasde sites, institutos culturais, entre outros.
    Mande em anexo uma foto pessoal para que seja publicada juntamente com a sua matéria.. Mande também (se desejar) uma imagem correspondente ao assunto abordado. Caso o artigo não seja de sua autoria, favor informar a fonte.
    PARA ENTRAR COM CARLOS (Editor)
    Facebook: http://www.facebook.com/profile.php?id=1464676950&ref=profile
    machadocultural@gmail.com

    ResponderExcluir
  3. Boa noite amiga,
    Belos poemas, sensíveis versos num bailar de palavras com muita inteligência e musicalidade.
    E a apresentação do blog de muito bom gosto rematados no sorriso feliz da poetisa, pois fazer versos é a arte ser feliz cantando alegrias e sofrimnetos.
    Parabéns
    Pedro Paulo ppgb09@gmail.com

    ResponderExcluir